Um pouco sobre cauda Longa

Chris Anderson, escreveu e lançou o livro A Cauda Longa, em 2006. Ele defende os mercados de nicho. Então, nichos são temas de interesses específicos, que na economia comum (fora da internet) tem pouca chance de serem oferecidos, mas na Internet podem ganhar força, uma vez que todos os interessados procuram no buscador este tema e juntos são um número expressivo formando um mercado de interessados em produtos que não estão “na moda”. Por exemplo colecionadores de selos, durante muito tempo colecionar selos foi um hobby comum, ainda hoje alguns interessados que isoladamente não formam um mercado local, mas na Internet eles formam uma massa gigantesca e, mais importante, uma economia que não se pode desprezar.

O conceito de cauda longa é muito simples para para ser entendido. Ele se contrapões ao modelo tradicional de comercialização de produtos ou serviços que são em geral, voltados para os “best sellers”. Isto é, aqueles que o mercado está consumindo.

A internet, possibilita o mercado de nicho. Como assim nichos? Mercado de nicho é uma mercado de necessidades específicas, por exemplo você pode querer ter um site de livros raros, ou um site exclusivo de musica clássica ou site de flores exóticas. Estes produtos serão difíceis e improváveis para ser ter em um comércio de varejo local.

Os buscadores hoje são muito poderosos e sites bem feitos conseguem ser encontrado rapidamente.

O mercado de nichos ainda é pouco explorado no Brasil . Ou seja, há muitas oportunidades para sua empresa liderar e ser pioneira.

A Internet de uma maneira geral é feita de milhões e milhões de nichos. Do ponto de vista do SEO, um site com autoridade em um determinado nicho tem mais chances de estar bem posicionado e receber tráfego do que um site sobre assuntos gerais. O Google e o mercado, valorizam sites especialistas sobre algum assunto.

Isso também é válido para blogs ou e-commerce específicos.



Deixe uma resposta

WhatsApp