E-commerce profissional ou vendas online?

A expansão da conectividade no Brasil não para. Cresce do Sul/Sudeste para todas as regiões do Brasil. A conectividade pode chegar, por cabo, por rádio ou tecnologias móveis tipo 4G, já já 5G. A consequência disso é o inevitável crescimento do consumo via dispositivos.  Com isso hoje temos, com volume expressivo um aumento dos vendedores online, são versões tecnológicas das antigas sacoleiras, lembram? São profissionais que com estrutura leve, produtos diferenciados e atendimento personalizado centram sua comunicação nas redes sociais tendo, hoje, o Instagram com pricipal força de venda.
As lojas virtuais, o e-commerce enquanto negócio, em geral tem quatro origens:

  1. Vendedores online que decidem profissionalizar a operação;
  2. Empresas de varejo com lojas físicas que percebem a necessidade de ter uma loja virtual;
  3. Novos empreendedores, em geral com CNPJ recente com menos de cinco anos;
  4. Indústrias que decidem atingir o consumidor final, saltando a tradicional cadeia de revenda.

Na maior parte das vezes, o maior obstáculo enfrentado pelos empresários é não estar familiarizado com o processo da venda profissional digital, normalmente atribuem seus conhecimento prévios a esta nova realidade, com isso a frustração acompanha boa parte dos empreendimentos iniciados: vão tateando no escuro, tentando descobrir como iniciar um e-commerce se nutrindo de informações recortadas, vídeos desassociados quando somente uma ação personalizada e coesa vai ajudá-los. Então, aqui passos objetivos para refletir sobre o processo de abrir uma loja on-line.

Esperança não é estratégia…

Etapa 0: Tem certeza?
Só passe para etapa 1 se estiver realmente seguro do seus objetivos. Se não, é como entrar em um elevador do prédio errado, qualquer anda serve.
Antes mesmo de começar a pensar no plano de negócio, no dinheiro entrando, na expedição bombando, faça-se algumas perguntas:

  1. Tenho tempo dentro da minha rotina de trabalho para dedicar atenção e pensamento para essa novo negócio?
  2. Tenho o conhecimento específico sobre o que pretendo produto/serviço vender?
  3. Já domino o processo de pós venda? Isto é, a loja vendeu, eu sei o que fazer?
  4. Um e-commerce é uma loja aberta sete dias na semana, 24 horas no dia. Percebe onde isso pode chegar?
  5. Tenho habilidade ou processo para lidar com o cliente nas diferentes fases da venda?

Pensamento positivo, otimismo, torcer pro negócio dar certo podem não ser suficiente.
Etapa 1: Plano de negócios, hoje um Canvas ajuda muito
Você abriria um negócio real, uma loja no shopping, por exemplo, sem um plano de negócios? Acho que não! Você não deve iniciar uma loja virtual sem um plano. O preenchimento do Canvas, vai lhe ajudar a pensar as etapa do negócio, cobrindo o que é mais importante. Considero fundamental para desenvolver o roteiro e a estrutura necessária para estabelecer um negócio bem-sucedido. Com o canvas você vai refletir sobre

  1. Público alvo;
  2. A proposta de valor – o que lhe torna diferente, especial;
  3. Canais de venda – além da loja virtual onde mais venderá? Marketplace?
  4. Relacionamento com cliente;
  5. Atividades principais;
  6. Parceiros;
  7. Recursos financeiros;
  8. Formação de preço e custos;
  9. Receita.

Etapa 2: Persona
O desenvolvimento de uma persona bem estruturada vai garantir a boa comunicação. A comunicação é a base da divulgação. Sabendo exatamente com vai falar cresce as suas chances de retorno, de engajamento e por consequência de venda.
Etapa 3: Estudo do mercado
Conheça seus principais concorrentes, seus produtos. faça uma breve análise da forma de divulgação de cada um deles. Saiba se divulgam no Google Ads, no Facebook ou no Instagram. Tente entender como o cliente chega ao seu concorrente.
Desenvolvimento de uma persona bem estruturada vai garantir a boa comunicação. A comunicação é a base da divulgação. Sabendo exatamente com quem vai falar cresce as suas chances de retorno, de engajamento e por consequência de venda.
Etapa 4: Seja realista, faça uma análise SWOT
Agora que já possui uma ideia mais concreta do mercado que pretende entrar faça uma análise SWOT do seu negócio e a partir desta análise crie uma planilha de tarefas e prioridade. Uma matriz GUT vai ajudar muito.
Etapa 5: Analisando o ambiente externo
Tem uma parte burocrática que deve ser levada em consideração e a sério. Depois de estabelecer o plano da sua loja virtual, você precisará se informar sobre questõe contábeis, fiscais, ambientais e legais pertinentes ao seu negócio. Por exemplo um E-commerce que vende produtos fármacos pode ter que se alinha com anvisa, por exemplo.
Etapa 6:: Escolhendo os produtos que você vai vender
Embora você já tenha uma ideia precisa de seus produtos e inclusive já tenha colocado no seu plano; faça um levantamento amplo dos produtos que você vai vender. Fazer uma lista envolve dedicar um tempo para definir pelo menos:

  1. Preço de venda do produto;
  2. Capacidade de descontos e promoção;
  3. Tempo de entrega após pedido colocado;
  4. A relação entre o custo de logística e o preço do produto;
  5. Embalagens;
  6. Forma de pagamento.

Etapa 7: Escolhendo sistema ideal para sua loja
Você também tem a opção de comprar um nome de domínio e criar sua loja virtual a partir de ferramentas com WordPress/oscommerce . No entanto, isso requer uma compreensão dos processos técnicos, e demanda tempo que muitos proprietários de empresas podem não se dar o luxo de investir, até porque isso é caro pra elaborar, caro para desenvolver e caro para manter..
Algumas das opções mais populares a serem usadas para construir uma loja virtual incluem: Loja Integrada, Nuvem Shop, Xtech, Iset  e Jn2 são algumas que por razões diferentes e dimensão do seu negócio podem lhe atender.
A grande vantagem é esses sistema permitem que você compre seu próprio domínio e fornecem as ferramentas básicas para você publicar sua loja virtual. Nós aqui do Nautilos preferimos trabalhar com a JN2 e com a ISet, eles possuem mais elasticidades para personalizar uma loja e possuem atendimento dedicado.
Etapa 8: Configurando a página do produtos
A configuração da página do produto de receber especial atenção, é nela que seu visitante vai chegar e provavelmente chegará por dispositivo mobile. Então, não poupe teste. Segue algumas dicas:

  1. Suba imagens leves, e muito bem definidas – lembre-se de por alt em cada imagem;
  2. Pense bem no título da página;
  3. Verifique se o botão de compra está bem posicionado;
  4. Não se atenha somente a descrição técnica do seu produto. Coloque um texto vendedor que motive a compra;
  5. Ferramentas de avaliação;
  6. Links para compartilhamento;
  7. Calculo de frete claro e eficiente;
  8. Produtos relacionados;
  9. Campanhas de produtos com kits;
  10. Ferramenta de rastreamento e abandono do carrinho.

Etapa 9: Publicidade e marketing
Tudo pronto? Uma vez que seu negócio tenha sido estabelecido, seus produtos estão prontos para a venda, e todos os problemas foram superados, está pronto para o lançamento. O planejamento das ações devem levar em consideração, fidelização e engajamento dos novos clientes. Definir o investimento para divulgação em links patrocinados, como Google Ads e Facebook Ads; produção de textos para blogs, contratação de Digital Influencer e outros recursos. Dimensione sua capacidade de venda, confira o ROAS de cada ação e boas vendas!
Etapa 10: Mantendo o negócio rentável
Agora é hora de honrar a etapa zero. Uma vez que tudo esteja funcionando, a etapa final – é o passo que você vai dar todos os dias durante toda a vida de empresário de um E-commerce – Manter o seu negócio lucrativo. Isso inclui cuidar de aspectos técnicos, como acompanhar a evolução da tecnologia, estudar novas formas de comunicação com seu cliente, manter uma regularidade na composição de novos produtos sempre avaliando a situação de seus principais produtos com os que são estrela, abacaxis ou vaca leiteiras.
Para focar no seu negócio procure ter uma equipe de marketing ou agência que lhe ajude com as técnicas que melhor atendem ao seu negócio, como promoções, vendas, e-mails e muito mais, para que seu negócio continue no caminho do sucesso.
Espero que esse texto sobre E-commerce tenha lhe ajudado a compreender a dimensão de ter um E-commerce profissional. É claro que existem mais sobre o processo de abrir uma loja virtual e se precisar de nossa ajuda entre em contato.

Abraços e até a próxima



Deixe uma resposta