Ana que não é de Amsterdã

 

Ana tem pernas curtas, veias que saltam os olhos

olhos que comem com lábios mordidos que aguardam o próximo vinte real

Vinte são os anos de hotel

vinte são as amigas que as agulhas levaram

vinte é o preço de 15 minutos

tempo de prazer que renova, revigora e tira dos ombros

o peso da vida diária daquele a que a felicidade é gozo desconhecido de olhares travessos e missão cumprida.

 

Trecho do livro Atrás das portas do Hotel Diamante



Deixe uma resposta